FANDOM


Básico: Editar

Bahamut em batalha

Deus Bahamut em batalha contra servos de Tiamat.

Os 4 Deuses Dragões, (exceto Alduin); são os deuses criados secretamente por Akatosh, o Supremo Deus Dragão.

Aparência: Editar

Todos eles tem, obviamente, a aparência de enormes dragões de variadas cores e aspectos. Na verdade, o mais correto seria dizer que todos os dragões (que eles criaram em sua imagem e semelhança) tem a aparência dos Deuses Dracônicos.

História: Editar

Após sofrer uma terrível derrota em uma Grande Guerra dos Dragões em algum universo, Alduin fugiu navegando pelo Rio Eterno com seu seguidor, Glaurunga. Em perseguição ferrenha, logo atrás, veio o deus Bahamut com seus campeões, Mauga e Glaron. Após entrarem em Um, os dragões perceberam, frustrados, que a magia do Rei não os permitia sair. 

Ao longo de alguns anos a fúria de todos os cinco caiu sobre os panteões alinhados ao Reino, mas logo se tornou claro que nenhum lado poderia vencer. Derrotados, os dragões decidiram permanecer em Um, e trabalhar em construir tanto do seu trabalho pessoal quanto possível nesse novo lar.

Quando os Deuses Dragões decidiram permanecer em Um, eles decidiram criar criaturas suas. Bahamut e Mauga criaram uma nova prole de Dragões Metálicos, Tiamat e Glaurunga criaram os Dragões Cromáticos e Glaron e Mauga criaram os Draconatos e Mauga criou os Tieflings.

Panteão Dracônico: Editar

- Bahamut, O Dragão Platinado, deus da Civilização e da Vida (Leal e Bom).

- Glaron, O Dragão de Obsidiana, deus da Artificiaria (Neutro).

- Glaurunga, O Dragão da Morte, deus do Assassinato (Caótico e Mau).

- Mauga, A Dragão de Ouro, deusa da Guerra (Caótica e Boa).

- Alduin, O Dragão negro; devorador de mundos (Irmão maligno de Akatosh)