FANDOM



Geral: Editar

Sofia Hant Mord é um elfo negro do país de Soufanna, nascido em 583 A.R..

Mord é um paladino abjurado do deus da morte Norate, que atualmente presta adoração a deusa Keyth.

Ele também é um dos Dez Pistoleiros de Soufanna, carregando consigo Naimirima Faire, a arma da elfa primal Ubi Getto'z Inara.

Aparência: Editar

Mord é um elfo negro de pouquíssima antecedência Fae. Seus olhos e cabelo são prateados, como por costume da Ordem Hant. Ele sempre anda coberto por uma armadura leve de couro. Raramente alguém consegue vê-lo sem sua espada longa, mas ninguém jamais o viu sem Naimirima consigo desde sua graduação aos 100 anos de idade.

Comportamento: Editar

O elfo é taciturno, mas normalmente de bom coração. Sua traição do culto de Norate acabou sendo perdoada pelo Pentadeuco por seu valor militar e como comandante, mas ele ainda se sente amargo por ser forçado a trabalhar para uma entidade tão cruel quanto Norate.

Mord demora muito para confiar em qualquer pessoa, mas é um ferrenho defensor de todos aqueles que jamais chamou de amigos.

História: Editar

A história de vida de qualquer elfo é algo impossível de se compreender para criaturas mortais.

O pouco que seria perceptível para um mortal é que ele é recentemente maduro em termos élficos. Nascido e educado na cidade de Sofia, Mord foi treinado em diversas formas de arte desde a infância, sendo capaz de compreender quase todos os idiomas existentes em Poenia, versado em diversas formas de combate (especializado no uso de magia divina, magia arcana, espadas e seu revolver), conhecedor de história, política e comércio.

A educação élfica é algo de um alcance e extensão inimaginável.

Aos cinquenta anos de idade Mord foi enviado ao templo de Norate; sua família, relativamente necessitada, o enviou interessada na recompensa paga pelo estado por crianças. Pelos cinquenta anos seguintes ele foi forçado ao culto do Deus da Morte, ao lado da sua companheira Cape Hant Khaen.

Ao graduar com a melhor performance vista em muito tempo, Mord recebeu a chance de participar do treinamento de Pistoleiro, no qual foi bem sucedido, recebendo o revolver lendário de Inara.

Por alguns séculos ele serviu o trabalho do seu deus com Khaen, sua Companheira de Veneno, entregando julgamento divino àqueles que Norate julgava merecedores.

Porém, quando o Alto Elfo Cape Tenriuh Noka realizou sua tentativa de apoteose, Khaen se juntou ao culto, traindo Norate.

Mord se viu forçado a escolher entre sua esposa e seu deus, mas acabou percebendo que nenhum dos dois lados realmente merecia sua devoção. Nesse momento, ele foi tocado pela deusa Keyth pela primeira vez.

Norate considerou executá-lo por muito tempo, mas como o Hant ainda utilizou seus novos poderes para esmagar o culto de Noka e impedir sua apoteose, Mord recebeu o perdão divino, à ele estendido enquanto ele se manter útil.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.